Desdobrando desdobramentos…

A última reunião do coletivo gerou frutos. Oficializado como Ponto de Articulação do Circuito Fora do Eixo na cidade de Marília, agora nossas responsabilidades serão ainda maiores.
E  para isso  foi necessário reestruturarmos e repensarmos nossas atuações. Assim, o Caipira Bruto Coletivo passa a se chamar Coletivo Desdobra, e nossos trabalhos serão atualizados nos seguintes links:
site: www.coletivodesdobra.com
facebook: http://www.facebook.com/coletivodesdobra
twitter: @cDesdobra

Recordes e Reuniões.

Por Gabriel Coiso

Por volta das 22 horas desta quinta feira, 18 de Agosto, membros do Caipira Bruto Coletivo se reuniram para uma longa reunião: a primeira Pós-Congresso Regional SP/RJ, a primeira com o Coletivo como Ponto de Articulação do Fora do Eixo.

A reunião estava dividida em duas pautas: a primeira dizia respeito aos próximos compromissos do Coletivo, como imersão e possíveis (e já quase concretos) eventos; a segunda dizia respeito, justamente, ao Congresso e a entrada do Coletivo, de fato, no Circuito Fora do Eixo.

Não foi surpresa para nenhum dos membros presentes esta reunião representar, além destes dois grandes marcos, a quebra de um recorde: eis que vivemos nossa mais longa reunião, sendo finalizada para além das 3 da manhã.

Rosquinhas de chocolate, para nos manter vivos, e cafés, para nos manter acordados, fizeram-se tão presentes e essenciais ao longo destas mais de 5 horas, que mereceriam ser considerados membros honrosos de nosso núcleo duro.

como foi: 5a Noite Fora do Eixo em Marília

por Gabriel Coiso e Marina Corrêa

Aconteceu no último sábado (06/08) a 5ª Noite Fora do Eixo em Marília, organizada pelo Caipira Bruto Coletivo no Espaço Cultural Cão Pererê. A noite foi marcada pelos shows das bandas Fuá de Fulô (Marília/SP) e Contos de Réis (São José do Rio Preto/SP), contando também com a intervenção teatral do grupo Embaixada de Marte (Bauru/SP).

Diferente das quatro noites anteriores, em que a predominância foi o Rock, nesta 5ª Noite o que ecoou no Cão Pererê foi a brasilidade do samba e do forró, tocados com maestria pelos Rio Pretenses do Contos, e pelos conterrâneos do Fuá.

Não à toa, essa edição da Noite Fora do Eixo bateu recorde de público. O suor antecedeu o som da cuíca, começando já na divulgação: no correr da semana panfletos foram postos em circulação, e membros do Coletivo caminharam pelo centro da cidade vestindo (literalmente!) o cartaz da festa.

O resultado do convite foi casa lotada e rasta sandálias que durou até as cinco horas da manhã, fazendo muita gente cair na dança, especialmente quando Fuá de Fulô, Contos de Réis e o público se juntaram em uma grande ciranda, como na canção final cantada por todos nós.

E se o fim da noite é o nascer do dia, ao término de cada Noite Fora do Eixo estamos pensando na próxima, que já tem data para acontecer: 9 de Setembro.

Neste sábado: Fuá de Fulô na 5a Noite Fora do Eixo

Sábado a cidade de Marília terá a sua 5a Noite Fora do Eixo. Um noite totalmente diferente das anteriores.

Vamos?

Sobre a banda Fuá de Fulô:

O grupo Fuá de Fulô nasceu entre amigos em 2009 e busca um forró mais melódico, ao mesmo tempo que dançante. Busca a beleza na canção, tratando-a como uma fulô, daí o nome Fuá de Fulô. Fazem parte do repertório os grandes mestres como Luíz Gonzaga, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, além de composições próprias.